Granja debaixo d'água

última hora

ATUALIZADO às 21h30m (04/05) *imagens parceiro I A Granja?/Tom

Entrevista do Gestor da Granja/CE


Hoje, ao final da tarde, o Secretário de Gestão da Granja, Jander Filho(Jandinha), em entrevista à Rádio FM Verdade, diz que Granja está com 5 distritos isolados por causa das chuvas, alguns, como Ubatuba, sem água, energia e telefone. E que a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Assistência Social e prefeitura estão prestando socorro as vítimas tanto na sede com na zona rural, sendo a zona rural mais complicado pois as estradas estão todas interditadas. Jandinha acalmou a população, assegurando que não há possibilidade da abertura das comportas de açude algum da Bacia do Coreaú, e que o enchente do Rio Coreaú é devido as chuvas do leito do rio.

Na sede as pessoas afetadas pela cheia estão abrigadas nas escolas e casas providenciadas pelo poder público. A prefeitura está recebendo doações na Sede do Crea, na Rua Pessoa Anta (antigo prédio da Coletoria)

Na entrevista, Jandinha, também, respondeu questionamentos da população enviados à rádio, agradeceu o trabalho dos voluntários e pediu doações de alimentos, água mineral e agasalhos para os desabrigados.


Defensoria Pública em ação


O Defensor Público Dr. Edmar, em entrevista à rádio FM Verdade, solicitou apoio humanitário a todos da cidade e municípios vizinhos em prol dos granjenses desabridos, pediu que a população economize água potável e faça doações na sede do Crea, na rua Pessoa Anta. Garantiu que a Defensoria Pública está agindo e agirá, incansavelmente, junto as outras autoridades e população para amenizar as perdas dos afetados pela enchente.

Granjenses se solidarizam

Muitos granjenses que moram em outros estados brasileiros estão se solidarizando com a calamidade do município. É o caso de Francisco Jander Bevilaqua, granjense residente em São Paulo, que abriu as portas de sua casa na COHAB Carme Arruda, para abrigar familias do bairro São Francisco (Barrocão). Veja as imagens feitas por Ton Wellington, parceiro do blogue Granja Ceará.



Vista aérea da enchente
Através da imagem ao lado se tem uma pequena idéia do caos granjense causado pelo enchente do rio Coreaú, desde de sexta-feira (1/maio).
Imagem via blog Camocim Online




RIO TIMONHA

O distrito de Timonha está ilhado, hoje nem o helicóptero do Corpo de Bombeiros conseguiu pousar para entregar alimentos, roupas, colchões e água potável.A Chuva de sábado
A Chuva de sábado (2 de maio) deixou varias famílias desabrigadas no bairro Boca do Acre, ao longo das margens do rio Coreaú. A chuva começou por volta das 14h e continuou até as 23 horas.

O nível do rio subiu bastante e muito, ao ponto de alagar as ruas Pessoa Anta, Tristão Gonçalves e Avenida Perimetral, alagando o prédio da prefeitura, Câmara Municipal, Fórum e Praça da Igreja Matriz.



Os bairros Boca do Acre, Barrocão (São Francisco) e Lagoa Grande são os mais atingidos, moradores passaram a noite transportando imovéis para casa de amigos, parentes e abrigos.

A situação do município é gravíssima na Zona urbana e rural. Distritos como Parazinho e Timonha também estão em estado de alerta total. Timonha está ilhado e Parazinho a população teme que a parede do açude não suporte a grande cheia.

Granja está nesse momento precisando da solidariedade de todos os granjenses.


Aguarde mais informações a qualquer momento
Veja mais fotos http://iagranja.blogspot.com

Top 5

OPORTUNIDADES: Saiu edital para seleção temporária da prefeitura de Granja/CE

Prefeitura de Granja lança edital para contratação de temporários 2017

Entidades de direitos humanos se manifestam sobre crise no Ceará

LITERATURA: Será lançado nesta quarta-feira o Livro Padre Osvaldo - Coletânea de Sermões