1º Fórum das Enchentes da Região Norte terá continuidade

cidadania enchente ceara


imagens FCesarNews
Granja realizou, no dia 17 (quarta-feira) de junho de 2009, o 1º Fórum das Enchentes da Região Norte, no Patronato Monsenhor Vitorino. Representantes do Poder Público, Diocese de Tianguá, Fórum Microrregional de Convivência com o Semi-árido, Escoteiros e comunidade participaram das discussões sobre as ações pós-enchente no município de Granja e Chaval. O debate esquentou um pouco quando a plenária cobrou transparência e planejamento nas ações da administração municipal de Granja, mas poder publico e sociedade foram unânimes quanto a positividade do evento.

Após abertura e formação da mesa, a coordenação do Fórum, apresentou um levantamento de dados da situação dos municípios de Chaval e Granja. Em seguida representantes das prefeituras de Chaval e Granja falaram sobre as ações emergenciais durante as enchentes e os trabalhos de recuperação das áreas afetadas. Como o prefeito de Granja, cidade sede do Fórum, não se fez presente, o Secretário de Gestão o representou e diz que a prefeitura tomou todas as providencias possíveis de atendimento aos desabrigados e desalojados da enchente e que o município R$ 500 mil doados pelo Governo do Estado em alimentação e recuperação de estradas, assegurou que o prefeito Esmerino Arruda está buscando recurso em Brasília para a construção do dique de contenção do Rio Coreaú e que a prefeitura vai trabalhara para construir e recuperar casas das famílias afetadas. Samuel Brito, Coordenador da Defesa Civil de Chaval, lamentou as perdas provocadas pela enchente nos distritos de Carneiro e Retiro e que a prefeitura, após prestar assistência, está fazendo o máximo para as famílias voltarem suas vidas normais.

O padre Luciano Sotero, da Paróquia São José, diz que a igreja iniciou a mobilização na Diocese no sábado, antes da enchente atingir a cidade, agradeceu a solidariedade de todas as Paróquias, comunidade e o trabalho dos escoteiros na distribuição das doações. A igreja distribuir mais de 2400 cestas básicas e continua com o trabalho.

Elviro, representa do Fórum Microrregional de Convivência com o Semi-árido, alertou que a situação de Granja e Chaval apenas se agravou com a enchente. No caso de Granja citou o IDH, o analfabetismo e a grande concentração de latifúndios, e a atual crise política do município. E destacou a importância da fiscalização por parte da população para evitar possível desvio dos recursos públicos.

Como resultado do Fórum ficou definido: outro encontro em novembro para avaliação das ações dos municípios; município de Granja solicitará inclusão no mapa do Semi-árido.

No encerramento do Bispo Dom Xavier, da Diocese de Tianguá, ressaltou a necessidade de abriu um dialogo entre sociedade e poder publico e fiscalizar deve acontecer. Ações preventivas precisam está contempladas no Plano Diretor da cidade e se deve propor políticas publicas.

Gostou? Pode VOTAR aqui. É rápido e grátis!

Top 5

OPORTUNIDADES: Saiu edital para seleção temporária da prefeitura de Granja/CE

Prefeitura de Granja lança edital para contratação de temporários 2017

Entidades de direitos humanos se manifestam sobre crise no Ceará

LITERATURA: Será lançado nesta quarta-feira o Livro Padre Osvaldo - Coletânea de Sermões