Fogueiras aquecem dia dos namorados em Granja

por Lira Dutra

O Dia dos Namorados na cidade de Granja foi aquecido pelas chamas das fogueiras ao longo das ruas, em especial as localizadas fora do centro. Tinha programado levar minha esposa à pizzaria, mas na hora minha irmã ligou convidando para uma fogueira. Aceitamos o convite.E fiquei encantado ao ver tanta fogueira nas ruas, casais e crianças brincando, correndo ao ritmo do fogo!

Na rua ao lado do antigo prédio da Estação de Trem e até o famoso bar do Bruja, na beira da Lagoa Grande, havia inúmeras fogueiras, em média, uma para cada duas casas. A meninada fez a festa, soltando bombinhas e brincando com fogo. Perigo? Não, as fogueiras eram pequenas e sempre com adulto gritando: Mininum, tu num rai te queimar! Por fala em brincadeiras, não pude deixar de me ver num garoto que pedia esponja de aço (bombril) para queimar. Lembrei quando lá no campo queimávamos esponja de aço nas nossas fogueiras juninas. Não tinha foguete. Só não vi ninguém passando fogo e fazendo simpatias. Mas nesse mundão que é Granja ainda se passa fogo, para se tornar cumade, cumpade, madriam. Geralmente as mulheres passam fogo, os homens estão mais preocupados em passar outra coisa...

As fogueiras são ótimas oportunidades de quem está desamparado pelo cupido encontrar por entre o braseiro alguém acender o fogo do coração. E quem não comprou o presente da amada, devido à crise econômica, a fogueira pode aquecer o termômetro do relacionamento. Amor de fogueira nunca se apaga, sempre fica uma brasa por entre as cinza.


Por falar em fogueira não posso esquecer das tradicionais fogueiras do Chico Otilia, onde a vizinhança das ruas Vereador Inácio Barcelos e prof. Garcez esquentam a amizade. Geralmente o que mais se come nas fogueiras é baião, coração de boi e linguiça assados nas brasas, cachaça, cerveja ou vinho são as bebidas mais presentes. Talvez por ser barato e fácil de encontrar. Os presentes numas fogueiras são sempre amigos, familiares e amigos de amigos e amigos de familiares, ou seja, uma boa fogueira todo mundo conhece todo. Se não conhece passará a conhecer. Os assuntos são diversos, com predominância do riso, da sátira e da parodia das mazelas da vida. O bom humor é o que dar ritmo a uma boa fogueira, sem ele uma fogueira é só uma fogueira.

Para um apaixonado por Granja, as fogueiras são um presente. Pois percebi que a chama da tradição do povo granjense ainda vive. Só precisa de uma aquecida!

Gostou? Pode VOTAR aqui. É rápido e grátis!


Top 5

OPORTUNIDADES: Saiu edital para seleção temporária da prefeitura de Granja/CE

Prefeitura de Granja lança edital para contratação de temporários 2017

Entidades de direitos humanos se manifestam sobre crise no Ceará

LITERATURA: Será lançado nesta quarta-feira o Livro Padre Osvaldo - Coletânea de Sermões