21 de ago de 2009

Psicopatas

sociedade comportamento

Quem não perde a novela Caminho das Índias já conhece as trapaças da personagem Yvone (Letícia Sabatella), que não respeita nada nem ninguém para conseguir seus objetivos. É uma pessoa sem limites éticos e morais, vive apenas para si e o resto que se...

A personagem Yvone é uma psicopata. Que diabos é isso? Como a maioria, eu não tinha conhecimento da diferença entre psicopatas e esquizofrênico.

Segundo a psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva, autora do livro Mentes Perigosas - o psicopata mora ao lado - e consultora da novela e ajudou a construir a personagem Yvone:
"A maldade e a frieza da psicopata Yvone (Letícia Sabatella), personagem da novela Caminho das Índias, habita entre nós, na vida real. A cada 25 pessoas, uma é perversa, desprovida de culpa e capaz de passar por cima de qualquer ser humano para satisfazer os próprios interesses. Os psicopatas são 4% da população. E não há cura para eles."(http://g1.globo.com/Noticias, 21/agos/2009)
Pelo visto tem muita mais Yvones perto da gente do que se imagina.

A impunidade alimenta a psicopatia

Segundo Ana Beatriz, os países mais capitalistas tendem a revelar maior número de psicopatas. Para ela, a recente crise econômica que abateu o sistema foi uma “crise de valores psicopáticos”. Assim como os desvios de verbas e corrupções que afligem o Brasil e a impunidade diante de tais escândalos. “Desvio de merenda escolar, por exemplo, isso atinge milhares de pessoas, são crianças que ficam sem estudar. Superfaturamento ou desvio de verba de medicamentos, todas são atitudes francamente psicopaticas”, exemplifica, argumentando que os responsáveis por tais ações sabem que milhares de pessoas serão prejudicadas, ou seja, usam a razão e atuam sem qualquer sentimento. A médica lembra que esses casos não entram em fichas policias, mas são tão graves quanto um assassinato: “As pessoas associam psicopatia com assassinato, mas a maioria dos psicopatas não mata".
fonte:noticia do site http://g1.globo.com/Noticias, 21/agos/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Agradeço pelo comentário.
Sua participações é importante para nosso trabalho Granja Ceará.
Obrigado!

*Comentários anônimos poderão ser recusados/excluídos. Por isso use sempre nome e e-mail válido para comentar.

Não faça comentários de cunho preconceituoso, respeite os Direitos Humanos.