Venda de peixe volta para o mercado público


Depois do blogue Granja Ceara denunciar que a venda de peixe estava sendo realizada numa calçada em frente a uma funerária, a prefeitura deu permissão para os peixeiros voltarem a comercializar dentro do mercado público. A decisão foi imediata, causando surpresa e alegria aos vendedores. "Lá tinha lama, dava até vergonha dos clientes", declarou um peixeiro ao blogue, "aqui melhorou nossas condições", comemora.

A ação do poder publico municipal com o caso dos peixeiros é louvável, pois só há administração se a cidade vai bem. E atender o desejo do povo é direito do(a) cidadão(ã).

Comentários

  1. Melhorou, maaas...
    As infiltrações oriundas do primeiro andar do Edifício continuam.
    Neste primeiro piso ainda existem muitas famílias que foram desabrigadas pelas encchentes de 2009 e ainda não foram alocadas em suas casas próprias. Vivem lá em mini apartamentos.
    Acontece que a reforma do prédio não eliminou totalmente as infilrações do piso que por conseguinte caem em cima dos alimentos ( carnes e peixes) ali expostos.
    Por exemplo: Quando o freguês para pra olhar e escolher um peixe, subitamente é surpreendido com gotas de um líquido, que não me atrevo a chamar de água, vindo do alto do Edifício.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá!
Agradeço pelo comentário.
Sua participações é importante para nosso trabalho Granja Ceará.
Obrigado!

*Comentários anônimos poderão ser recusados/excluídos. Por isso use sempre nome e e-mail válido para comentar.

Não faça comentários de cunho preconceituoso, respeite os Direitos Humanos.

Mais acessadas