Prefeito de Mucambo escapa de possível pistolagem?

Descoberto crime encomendado

Um possível caso de pistolagem pode ter sido descoberto pela Polícia Civil de Ibiapina (distante 302Km de Fortaleza). De acordo o depoimento do ex-detento Aristeu Eduardo de Sousa, 41, preso na tarde de quarta-feira (14), ele foi contratado pelo vice-prefeito da cidade de Mucambo, Welliton Paulino Nepomuceno, para matar uma pessoa naquela cidade. Como prêmio pelo "serviço" receberia a quantia de R$ 50 mil.

Em depoimento prestado na delegacia daquela cidade, o vice-prefeito Wellinton Nepomuceno, confirma que esteve no restaurante citado por Eduardo, porém o encontro foi casual. E que ficou surpreso ao receber a notícia de que estava sendo acusado de ter contratado matadores de aluguel para executar o seu correligionário Manuel Ribeiro.

A esposa do vice-prefeito Maria da Conceição Souza Lima, deverá prestar depoimento na tarde hoje (sexta). "Este homem que está preso veio na minha casa, na segunda-feira, a procura do meu marido. Como ele (marido) não se encontrava em casa, ele me puxou pelo braço para dentro de casa e disse que tinha vindo matar o meu marido a mando do prefeito. Ele disse que Manuel Ribeiro lhe contratou por R$ 4 mil".

Extorsão

Para o delegado regional de Tianguá, Anastácio Muniz que deverá prosseguir nas investigações, caso se confirme a versão que será apresentada pela esposa do vice-prefeito não se trata uma tentativa de pistolagem e sim de crime de extorsão. "O suspeito já responde por crime dessa natureza na Comarca de Ibiapina", disse Anastácio.

material completa: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=815023

Comentários

Mais acessadas