16 de jul de 2010

Prefeito de Mucambo escapa de possível pistolagem?

Descoberto crime encomendado

Um possível caso de pistolagem pode ter sido descoberto pela Polícia Civil de Ibiapina (distante 302Km de Fortaleza). De acordo o depoimento do ex-detento Aristeu Eduardo de Sousa, 41, preso na tarde de quarta-feira (14), ele foi contratado pelo vice-prefeito da cidade de Mucambo, Welliton Paulino Nepomuceno, para matar uma pessoa naquela cidade. Como prêmio pelo "serviço" receberia a quantia de R$ 50 mil.

Em depoimento prestado na delegacia daquela cidade, o vice-prefeito Wellinton Nepomuceno, confirma que esteve no restaurante citado por Eduardo, porém o encontro foi casual. E que ficou surpreso ao receber a notícia de que estava sendo acusado de ter contratado matadores de aluguel para executar o seu correligionário Manuel Ribeiro.

A esposa do vice-prefeito Maria da Conceição Souza Lima, deverá prestar depoimento na tarde hoje (sexta). "Este homem que está preso veio na minha casa, na segunda-feira, a procura do meu marido. Como ele (marido) não se encontrava em casa, ele me puxou pelo braço para dentro de casa e disse que tinha vindo matar o meu marido a mando do prefeito. Ele disse que Manuel Ribeiro lhe contratou por R$ 4 mil".

Extorsão

Para o delegado regional de Tianguá, Anastácio Muniz que deverá prosseguir nas investigações, caso se confirme a versão que será apresentada pela esposa do vice-prefeito não se trata uma tentativa de pistolagem e sim de crime de extorsão. "O suspeito já responde por crime dessa natureza na Comarca de Ibiapina", disse Anastácio.

material completa: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=815023

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Agradeço pelo comentário.
Sua participações é importante para nosso trabalho Granja Ceará.
Obrigado!

*Comentários anônimos poderão ser recusados/excluídos. Por isso use sempre nome e e-mail válido para comentar.

Não faça comentários de cunho preconceituoso, respeite os Direitos Humanos.