12 de ago de 2010

Caiu no meu e-mail: Seu Lunga



O funcionario do banco veio avisar:
- "Seu" Lunga, a promisssria venceu.
- Meu filho, pra mim podia ter perdido ou empatado. Não torçoo por
nenhuma promissória


"Seu Lunga", no elevador (no subsolo-garagem).
Alguem pergunta : - Sobe ?
Ele : - Nõo, esse elevador anda de lado.


"Seu" Lunga vai saindo da farmacia, quando alguem pergunta :
- Ta doente ?
- Ele: Quer dizer que se eu fosse saindo do cemiterio, eu tava morto ?


"Seu" Lunga dava uma tremenda surra no filho e o menino gritava :
- Ta bom, pai ! Ta bom, pai ! Ta bom, pai !
- Ta bom ? Quando tiver ruim, voce me avisa, que eu paro.


O amigo de "seu" Lunga o cumprimenta :
- Ola, tá sumido! Por onde tem andado ?
- Pelo chão, não aprendi a voar ainda...


Na década de 70, "seu" Lunga chega num bar e fala pro atendente :
- Traz uma cerveja e bota o disco de Luiz Gonzaga pra eu ouvir !
- Desculpe, "seu" Lunga, não posso botar musica hoje...
- Mas por que ?
- Meu meu tio morreu !
- E ele levou os discos, foi ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Agradeço pelo comentário.
Sua participações é importante para nosso trabalho Granja Ceará.
Obrigado!

*Comentários anônimos poderão ser recusados/excluídos. Por isso use sempre nome e e-mail válido para comentar.

Não faça comentários de cunho preconceituoso, respeite os Direitos Humanos.