17 de nov de 2010

Granja com o maior índice de miséria entre municípios cearenses

Imagem/blog Xavier Filho
Nos últimos dias a noticia que corre nos blogues da Região Norte não é nada agradável para nós granjenses. Para quem está acostumado a assistir programa do tipo Rota 22 (não é o meu caso), vai perceber que a noticia deixa estes programas policiais no chinelo. E por quê? Por se tratar de um crime social, digamos que planejado e executado ao longo do tempo contra a população de um município considerado uns dos mais antigos do estado do Ceará. Isso não podemos engolir calados. Veja a noticia Pesquisa mostra Granja com o maior índice de miséria entre municípios do CE postada no dia 15 de novembro, no sítio Ceará Agora [http://www.cearaagora.com.br]:
" Levantamento do Centro de Políticas Sociais, da Fundação Getúlio Vargas, revela que o município de Granja, distante 300 km de Fortaleza, é destaque negativo como único do Estado com alto índice de pessoas em situação de miséria.
O mapa brasileiro da pobreza inclui o município cearense com mais de 60% dos moradores vivendo em extrema condição de pobreza.   
Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, para erradicar a pobreza no país, seriam necessários gastos de mais de R$ 21 bilhões. Somente no Ceará, o custo médio chegaria ao valor de R$ 16,6 mensais por pessoa.
As informações foram baseados em microdados da Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios (PNAD), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). ( Luciano Augusto, www.cearaagora.com.br, acessado em 17/11/2010)"
 Isso é no mínimo triste, para não dizer humilhante. A noticia, que ganhou nota nos principais blogues do Estado, como: Camocim Online, Sobral Prima, Parazinet, Iguatu. Org, Ceara em Rede, Santa Quiteria Noticias, Noticias de Pentecoste... Segundo dados do IBGE, o município tem uma área territorial de aproximadamente 2.697 km² e mais de 50 mil habitantes, esse ano completou, no dia 03 de novembro, 156 anos de emancipação política.

A situação de Granja, agora escancarada para todos, não é nova para quem vive aqui. E é fruto de um processo histórico alimentado pelo sistema oligárquico usurpador de todos os direitos básicos do povo.

2 comentários:

  1. Enquanto o povo só pensar em curto prazo o futuro vai ficando cada vez mais inalcançavel! É triste mas é o pensamento dos granjenses!

    ResponderExcluir
  2. http://poramoragranja.blogspot.com/2010/12/carta-aos-granjenses.html

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço pelo comentário.
Sua participações é importante para nosso trabalho Granja Ceará.
Obrigado!

*Comentários anônimos poderão ser recusados/excluídos. Por isso use sempre nome e e-mail válido para comentar.

Não faça comentários de cunho preconceituoso, respeite os Direitos Humanos.