quinta-feira, 27 de novembro de 2008

1ª Corrida Rustica de Verão da Granja

esporte
No dia 30 de novembro acontece, município de Granja, Ceará, a I Corrida Rústica de Verão. A largada será do Restaurante do Ailton (Alemão), na localidade do Mato Grosso ao lado da estrada do Parazinho, e chegada na Beira Rio no Restaurante do Totonho ao lado da Ponte Metálica.

Data
30/11/2008
Inscrição: R$ 5,00 (valor único)

Maiore informações
:
Sr. Gustavo, professor de Ed. Física
Contato:
(88) 9608 4480

Roteiro:
Saída do restaurante do Ailton
Chegada na Beira Rio.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

25 de Novembro - Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher

Hoje, 25 de novembro, para quem não sabe é o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher. A data foi escolhida para lembrar as irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana.

E sobre o tema recebi, por e-mail, da amiga escritora
Nilze Costa o artigo Macho não ganha flor. Leia abaixo:

Macho não ganha flor

Às conquistas no âmbito dos direitos humanos, ainda não atingiram as mulheres, alvo preferencial dos inúmeros casos de violência doméstica. As seqüelas perversas do tratamento discriminatório de gênero se refletem nas mais variadas formas de violação dos direitos humanos da mulher: estupros, espancamentos domésticos, cárceres privados, assassinatos, violência física e psicológica. Após tanta luta dos movimentos feministas, pergunta-se: o que falta para uma diminuição da desigualdade de gênero e da violência contra a mulher? A mídia, que tanto contribui para a visibilidade dessa violência, não discute com a sociedade esse fenômeno com o sendo de ordem cultural, que deve ser dissociado do contexto geral da violência urbana, pois tem nome, sexo e causa. São os conflitos de gênero, que ocorrem entre homens e mulheres, onde ele é o agressor e ela a vitima preferencial. É uma violência aprendida na infância e continuada na idade adulta. Tem a ver com os papéis sociais ensinados pela família, escola e igreja, portanto, tem a ver com a Educação.

As conquistas das mulheres, promulgadas em leis, não conseguem se sobrepor à discriminação e ao preconceito contra o sexo feminino, arraigados na mente masculina. Os homens aprenderam em criança que macho não ganha flor e não leva desaforo para casa. Acreditam que a infidelidade faz parte da sua formação e que amar significa posse, poder de mando e decisão. A eles é negado o mundo da delicadeza, do cuidado com o lar e os filhos. Muito cedo adotaram a lei do “bateu levou” e se tornaram campeões da violência urbana e do lar.


Educar para a igualdade de gênero seria a fórmula ideal para prevenir e diminuir a violênc

ia contra a mulher. As relações sociais de gênero devem fazer parte do currículo escolar e serem discutidos em todos os espaços onde se educa meninos e meninas.




Todos os direitos reservados:Nilze Costa e Silva

Contato:nilzecosta@terra.com.br


Clique na imagem e veja o perfil da autora em www.gargantadaserpente.com


Entrevista

Grupo Periféricos mostrar os acordes existentes na Granja.

Atualmente na cidade de Granja, está surgindo algumas bandas de musica formadas por adolescentes e jovens, inspirados pelos acordes do violão e as pulsações da bateria. Essas bandas têm grande apoio de um jovem chamado Neucleber, criador da escolinha de musica Primeiros Acordes. Dentre esses bandas conversei com Neto, vocalista do grupo Periféricos.

Alguém pode dizer que são apenas garotos buscando um canal expressivo para as inquietações da puberdade. Que bom! Muito me alegra ver esses jovens utilizarem a musica para tal fim, pois contrapõem a já ridícula ladainha de que Granja é a terra do Já Teve.

B. Granja Ceará - De onde veio a idéia do nome Periféricos?

Neto - Eu estava passando perto de uma padaria e vi um orelhão periférico, aí veio a idéia do nome da banda, cheguei em casa olhei os significados no dicionário e falei para os meninos que aprovaram.

B. Granja Ceará - Quando foi formado o grupo?

Neto - Em 21 de março de 2008.

B. Granja Ceará - E quem compõe a formação da banda?

Neto -Pedro, Ivaldo e Shyk nos violões; Raimundão na bateria e eu na voz, somos todos estudantes.

B. Granja Ceará - E as apresentações?

Neto - Nossa primeira apresentação foi no Colégio Estadual São José. Cantamos pop rock e rock nacional.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Bandas de musica granjenses comemoram dia da música

Na noite do dia 22, sábado, de novembro, jovens granjenses comemoram o Dia da Música ao som dos acordes de Legião Urbano, Titãs, Los Hermanos e outras boas canções do pop rock nacional. O evento, que aconteceu no salão principal da Casa de Cultura, na Rua Pessoa Anta, contou com apresentações das seguintes bandas locais: Distorção, liderada pelo vocalista Junior; Periféricos no comando de Neto e JTP com sua formação exclusiva feminina.

Todas as bandas são compostas de jovens granjenses estimulados a fazer algo diferente e positivo na rotina da cidade. E estão conseguindo, ao menos no sábado, 22, conseguiram levar aproximadamente 100 pessoas para dentro da Casa de Cultura. Isso me alegra. Pois não precisaram apelar para garotas de bundas nuas, nem cantaram Lapada na Rachada.

Cheguei no inicio do show e só arredei pé às 22 horas, quando encerrou tudo. Nesse período, não pude registrar presença alguma das pessoas ou grupos que se titulam elite. Se é que isso existe aqui!

Não posso deixar de parabenizar o mentor do evento, Neucleber, um jovens granjense com talentos musicais aflorado e que vem mobilizando outros jovens através da musica para fazer mudanças. Olha que ele está conseguindo, aos poucos, sem apoio das autoridades locais. Neucleber, ministra aulas de violão, baixo e bateria numa escolinha, por ele criada em 2006, denominada Primeiros Acordes.

"Às vezes nós somos criticados, as pessoas dizem que nesta área não tem futuro. Mas Granja tem musico, teatro, dança, basta que nós nos comuniquemos", desabafou Neuclaber após sua apresentação.

É louvável saber que Granja tem jovens como Neto, Junior, Joelma, Raimundão, Tinhinha, Patrícia, Danilo Dark, Shyk, Pedro, Ivaldo e Chico Costa que não precisam vestir camisas vermelhas, azuis ou verdes, nem gastar milhões para fazerem um sábado diferente e mostrar o caminho para a Granja da mudança. Neles eu acredito.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Educação Patrimonial: Uma ponte para o conhecimento, apropriação e valorização do nosso patrimônio

Temos o prazer de convidá-lo para participar da Palestra EDUCAÇÃO PATRIMONIAL: Uma ponte para o conhecimento, apropriação e valorização do nosso patrimônio. A palestra realizar-se-á no dia 22 de novembro, sábado, de 2008, no IJX-Instituto José Xavier, rua Pessoa Anta, 564, Granja/Ce, às 16 horas.

A palestra será ministrada por Lira Dutra, pós-graduando no Ensino de História e Geografia pelo Instituto Educare.

Na palestra serão temas: Patrimônio individual e coletivo, O que é Educação Patrimonial, Patrimônio material e imaterial no contexto de Granja.
A palestra é mais um serviço do IXJ e a participação é grátis.

Venha participe, divulgue, assim você estará mudando a cidade.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Dia Nacional da Consciência Negra é celebra na Granja/CE

O Centro de Educação para Jovens e Adultos -CEJA -Guilherme Gouveia celebra hoje, 20 de novembro, o Dia Nacional da Consciência Negra com a realização de uma Feira de Arte e Ciências. Toda a comunidade está convidada para prestigiar o evento.

A Lei 10.639 estabelece que “O calendário escolar incluirá o dia 20 de novembro como Dia Nacional da Consciência Negra", a data coincide com o dia da morte de Zumbi, líder do quilombo de Palmares e símbolo da resistência negra brasileira.

O grupo de capoeira Cadência, Projeto da Ong AACG (Associação de Apoio Comunitário de Granja) Capoeira Pequenos em Arte e grupo de escoteiros estarão presentes no evento. O grupo de capoeira Cadência será o homenageado da noite.

Programação
Dia 20 de novembro
Inicio às 18 horas
Local: Rua Tristão Gonçalves
Apresentação de capoeira
Exposição de trabalhos dos alunos
Painéis temáticos
Musica

link:

http://cejagranja.blogspot.com
http://www.palmares.gov.br



segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Ong granjense realiza feira solidária ao lado da igreja Matriz


Domingo, 16 de novembro de 2008, a Associação de Apoio Comunitário de Granja (AACG), ong. granjense como mais de 10 anos de atuação no município, realizou uma feira e um bingo solidário ao lado da igreja Matriz após a missa dominical. A feira, nos principios da Socio Economia Solidária, reuniu artesãs da comunidade e trabalhos de jovens participantes do Projeto Galera Cidadã. A renda do bingo solidário será para o custei de um intercâmbio socio cultural dos jovens a realizar-se-á nos dias 27,28 e 29 de novembro em Fortaleza.

A AACG desenvolve ações nas áreas de educação, cultura e agropecuaria. Conta com o apoio da comunidade e dos parceiros com Gacc, ong de Fortaleza.

Quer saber mais sobre as ações da AACG ligue: (88)3624 1730

domingo, 16 de novembro de 2008

Piriquara: um banho de mistério

por: Lira Dutra

Nesse período do ano um dos lugares mais gostosos para um banho com a família, amigos e é claro com namorado ou namorada é no Piriquara. Fica a poucos minutos da cidade, subindo o leito do rio Coreaú, paisagem típica da caatinga com a presença de cajueiros e uma enorme rocha batizada pelos granjenses de Pedra da Piriquara é o destaque. E é debaixo da Pedra da Piriquara, segundo a lenda, onde existe um porão e mora a mãe d’água, que em noite de lua amarela, ou seja , lua cheia, sobe na pedra e se põe a cantar. Seu canto seria capaz de deixar Beethoven de queixo caído. Por ser local de morada da mãe d’água o poço em torno da Pedra nunca secou, nem mesmo com as grandes secas que antecederam nossos dias digitais.
Padre Vicente Martins em Noticia Historico-Chorographica da Comarca de Granja, 1911, escreveu o seguinte: “A furna do Periquara no rio Coreahú, que para penetrar-se nella é preciso mergulhar e uma vez dentro encontra-se luz e respira-se com facilidade.”

Paula, locutora da FM Verdade, contou ao nosso blogue, quando criança ouvira muito de sua vizinha Dona Albanita a estoria de um rapaz ter ouvido o canto da mãe d’água e conseqüentemente se apaixonado. Tudo teria começado no dia em o dito rapaz ter ido pescar na Piriquara, certas horas, sem fisgar peixe algum, ouvira o canto da mãe d’água, que o levou para dentro do porão. O que fizeram lá ninguem viu! Depois o devolveu para terra firme com muitos peixes. E toda noite de lua cheia o rapaz ia pescar e namorar na Piriquara com mãe d’água. Êta coisa boa!

Outra estória popular não menos famosa é das letras na pedra. Segundo a estória, contato por muitos moradores velhos e novos, existem escritas de origem indígenas na Pedra da Piriquara e quem for capaz de traduzir-las ficará rico com o ouro guardado pelo índios no porão da pedra.

Verdade ou pura lenda, não poderei responder agora. O certo que o banho nas águas do Piriquara no rio Coreaú, principalmente nos meses últimos do ano, é uma maravilha que o granjense precisa tratar com carinho e harmonia. Pois assim estaremos prolongando a vida da mãe d’água, figura que não poderá morrer no imaginário de nosso povo, pois é componente indissociável da nossa identidade coletiva. Ser granjense é, também, zelar nossas lendas, pois são canais de comunicação com nossos antepassados. Hoje temos blogues, orkut... antes roda de conversas nos terreiros!

Agradecimentos
à Paula, locutora da FM Verdade, por ter narrado uma estoria que ouvira de sua vizinha D. Albanita.
Faça com Paula contribua com nosso blogue.

sábado, 15 de novembro de 2008

Ponte Metálica sobre o Rio Coreaú

Belíssima imagem em preto e branco da ponte Metálica sobre o Rio Coreaú. Segundo informações, a ponte está em processo de tombamento e poderá ser considerada pelo IPHAN Patrimônio Histórico.

Dê sua nota clicando nas estrelas

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Prefeitura Municipal de Granja convoca aprovados no Concurso Público

A prefeitura municipal de Granja iniciou o processo de convocação dos aprovados no Concurso Público para preenchimento de vagas no Quadro de Pessoal. As cartas de convocação estando sendo entregue pelas Agências dos Correios, para quem reside no município pode se dirigir a agência local e solicitar maiores informações.

Os convocados tem até 7 (sete) dias úteis, a contar da data de recebimento do comunicado, para comparecer ao Setor de Pessoal da Prefeitura munidos da documentação exigida. Então é melhor se apresar!


Serviços:

  • Documentação exigida:
  1. Cópia do RG (identidade), CPF/MF, PIS/PASEP, Carteira Profissional (CTPS), Certidão de Nascimento ou Casamento;
  2. 01 (uma) fotografia 3x4 recente;
  3. Exame de sanidade física e mental (ASO-Atestado de Saúde Ocupacional);
  4. Exames médicos e laboratoriais (Eletrocardiograma, Raio-X do torax e Hemograma completo);
  5. Comprovante de quitação com o serviço militar (homens) e com a Justiça Eleitoral;
  6. Cópia do diploma de escolaridade, bem como o registro para exercício da profissão.


Prefeitura Municipal de Granja-CE
Endereço: Praça da Matriz, s/n
Complemento:
Bairro: CENTRO Município: GRANJA UF: CE
CEP: 62430970 Telefone:
Fax:
CNPJ: 07.827.165/0001-80
E-mail:


Agência Correios de Granja
Endereço: R FRANCISCO SOUSA, 476 Complemento:
Bairro: CENTRO Município: GRANJA UF: CE
CEP: 62430970 Telefone: (0088) 36241135 Fax: (0088) 36241135
E-mail: ceacgranja@correios.com.br
Horário de funcionamento
Segunda a Sexta: 08:00 às 16:00 Horário de almoço: 12:00 às 14:00

Dê sua nota clicando nas estrelas

Aos amigos granjorkuteiros

por: Lira Dutra
Minha crença em uma Granja desprovida dos baixos Índices de Desenvolvimento Humano é tamanha que ainda não arredei o pé daqui. E passa longe dos meus planos tamanha empreitada!

Granja é uma cidade embelezada pelos carnaubais e abraça pelo rio Coreaú, diz a lenda que quem bebe de sua água já mais esquece a cidade. Seria a explicação da residência de muitos não granjenses e a volta de muitos granjense depois de fazerem a vida em outras plagas? Não podemos ocultar o patrimônio arquitetônico presente no urbano e no rural do município. Não irei falar da ponte metálica construída no país onde Barack Obama foi eleito presidente.

Ultimamente, tenho acompanhado debates no site de relacionamento Orkut, alguns calorosos outros indignos de acesso. E tem chamado atenção o fato de muitos granjorkuteiros depositarem suas esperanças de uma Granja melhor nas mãos de políticos locais, numa visão equivocada de mudança, isso impossibilita ver a cidade em todos seus ângulos. São mais de 50 mil habitantes no município, não parece sadio nem inteligência minimizar o olhar sobre a cidade, negando as experiências positivas que pulsando ferozmente pelas nossas ruas e veredas.

Recentemente tomei conehciemto na comunidade Granja Ceará, no já citado site de relacionamento Orkut, da página eletrônica do Plano Diretor Participativo (PDP) de Granja. Já tinha ouvi falar de longe do negócio. Confesso, não sei se morde ou se come! É que o acesso as coisas públicas aqui é restrito, então por mais claro que seja, parece sempre turva as ações seguidas da palavra participação. Termo raríssimo nas administrações aqui. Daí o estranhamento.

Tenho minhas dúvidas sobre a execução PDP, não por ser obrigatoriedade sua existência, mais pelo visível distanciamento que o cidadão tem das coisas públicas, nunca houve e não há canal comunicativo entre executivo e população. Nossos poderes Executivo e Legislativo sempre foram e são meros leigos no cumprimento de seus deveres quando se trata de participação popular. Eu diria, eles temem a participação popular. E o povo ,será que o que participação cidadã? Se no PDP acontecer como aconteceu nas eleições, então todo gasto do contribuinte será literalmente perdido!

Eu acredito numa Granja melhor e participativa, sim. Porém, alterada na lógica dos seguintes exemplos: grupos de escoteiros, grupo de capoeira, IJX(Instituto José Xavier), AACG(Associação de Apoio Comunitário de Granaj), ACG(Associação Comunitária de Granja), Associações do Vaquejador, Paulo Pessoa e Sambaiba, blogue Parazinet, Projeto Granja Lendo, Granja Crescendo, Escolinha de Música do Cleber, bandas de musica amadoras, aulas de instrumentos de sopro para crianças pelo maestro Tampinha... E olhar que são muitos exemplos de trabalho assim, quase invisíveis ao olhar cru, mas meritórios,. Laurear-los é contribuir com a ascensão da cidade se ter que se curvar à mesmice, ao oligárquico. E então nesse momento/ Sinto-me bem,/ Pois o lugar é bom/ E as pessoas também... assevera a poeta granjense Luciana dos Reis, no livro Novos Poetas Granjenses (Cadernos do IJX, 2006).

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Entrevista

Francisco Ézio, vereador reeleito quer emancipação do Parazinho.
por Lira Dutra
A eleição de 2008 no município de Granja teve três candidatos a prefeito e 45 vereadores disputando um eleitorado de 33.892. Pense numa campanha acirrada! O candidato a prefeito eleito, Esmerino Arruda (PSDB) ganhou com 36 votos de diferença do adversário Romeu Arruda (PPS). Para vereador (a) a campanha eleitoral de 2008 deixou muito candidato de cabelo em pé. Muitos foram os candidatos, mas apenas 10 conseguiram as vagas disponíveis na Câmara Municipal. E é com um desses vereadores eleitos que o Blogue Granja Ceará entrevistou hoje.

Candidato pela segunda vez consecutiva, FRANCISCO ÉZIO DA SILVA (PSDB), popularmente conhecido por Chico Ézio , foi reeleito com 1.434 votos pela Coligação Experiência e Juventude. Durante a entrevista o parlamentar demonstrou otimismo quanto à administração do próximo prefeito e falou de suas expectativas sobre a emancipação do distrito de Parazinho, seu principal reduto eleitoral.

Granja Ceará – Qual a sua expectativa para o mandato de 2009?
Francisco Ézio – São as melhores possíveis!

Granja Ceará – E sobre a administração do próximo gestor municipal?
Francisco Ézio - Espero que o prefeito eleito assuma o compromisso com a população, falei com Esmerino e ele pretende fazer uma administração que fique na História, consertando o que está errado e garantindo melhoria para todos.

Granja Ceará – Na sua opinião, mudou alguma coisa na campanha eleitoral de 2008.
Francisco Ézio – Sim, o uso do poder da mídia em cima da juventude.

Granja Ceará – Você já tem projeto para o Parazinho?
Francisco Ézio – Já apresentei muitos projetos para o Parazinho. E tenho boas expectativas sobre o Parazinho se torna cidade, já existe uma Comissão formada. Estou acompanhando de perto o andamento dos tramites legais e o Parazinho já preenche muitos dos requisitos até agora.

Granja Ceará – E quais são estes requisitos?
Francisco Ézio – Entre os requisitos nós já temos por exemplo: postos de saúde, policial, posto de combustível e saneamento.

Granja Ceará - Para finalizar, já se sabe quem será o presidente da Câmara?
Francisco Ézio - Não, ainda uma coisa escura (risos)! A certeza só vai ficar para o 1º de janeiro.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Atualização II

Caro leitor
Nosso blogue Granja Ceará está cara nova. Estão sendo atualizados conteúdos e a aparência do blogue.

Espero atender o desejo de tornar nosso blogue uma referencia no tema Granja Ceará.

Tenho certeza que vamos conseguir. Para isso conto com cada visita, cada comentários, criticas construtivas... conto com você amigo, que por um motivo ou outro chegou até aqui.

Divulgue nosso Blogue para seus amigos, seja eles granjenses ou não. Obrigado

Roda de Capoeira com Grupo Cadência e Pequenos em Arte

por: Lira Dutra

O grupo de capoeira Cadência e as crianças do Projeto Capoeira Pequenos em Arte fazem roda de capoeira hoje, segunda-feira, 10 de novembro de 2008, em frente ao prédio dos Correios de Granja, às 19 horas. A mais de oito anos os grupo Cadência defendendo e divulgando a prática da capoeira no município.

Capoeira Pequenos em Arte é um projeto cultural desenvolvido pela ONG AACG (Associação de Apoio Comunitário de Granja) em parceira com o Grupo de Apoio às Comunidades Carentes (Gacc) de Fortaleza e Partage (França). As crianças participantes do projeto têm demonstrado grandes habilidades
nas aulas de capoeira.

Uma mistura de dança, luto e jogo (brincadeira), a capoeira fascina crianças e adultos, que na roda se igualam. Iêêê... viva meu Mestre, camará!

domingo, 9 de novembro de 2008

Atualização

Estamos atualizando o Blogue Granja Ceará.

Dê uma olhada!

GranForró

Ontem, sábado 8 de novembro, a cidade de Granja suor a camisa de dançar ao som da banda Forró Estourado, no clube Arrudão. A festa foi até o clarear da amanhã.








Crédito foto:http://www.brasilforro.com/2008/01/05/ver-eventos/

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

HISTORIETAS DO XAVIER FILHO


Corretivo Boc
José Xavier Filho

U
ma das primeiras medidas que o novo prefeito tomou, logo que assumiu, foi uma licitação para a compra de dois mil litros de corretivo líquido. Ele mandou dar preferência ao produto da marca Boc. Venceu a licitação uma firma da capital que havia cotado o material a preços camaradas, abaixo dos de mercado e por isso levaria sua costumeira porcentagemzinha. Após investigar para que a prefeitura da cidade queria esse mar de corretivo o Diretor da firma conseguiu saber que o líquido branco seria utilizado para a ocultação dos roubos do prefeito anterior.

fonte:http://jxavierfilho.blogspot.com/2008/11/historietas-do-meio-da-semana-56.html

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Proclamação dos eleitos: quem será o prefeito da Granja?

Amanhã, dia 06 de novembro, quinta-feira, haverá a Proclamação dos Eleitos aos cargos de Prefeito, Vice-Prefeito e Vereadores no pleito de 05 de outubro de 2008, do município de Granja, Martinópole e Uruoca, às 11:00h no Fórum de Granja-CE,.

Logo após o resultados das urnas, muitos militantes ligados ao candidato derrotado Romeu Aldigueri (PPS), sobrinho do candidato eleito Esmerino Arruda (PSDB), iniciaram uma seqüência de manifestações frente ao Fórum, onde fica o Cartório Eleitoral da 25ª zona, na tentativa de impugnarem algumas urnas eleitorais com supostos votos fraudados. Porém a Junta Eleitoral decidiu manter o resultado das urnas. O que deixou os 12.736 eleitores de Romeu muito desapontados.

A primeira secretária estadual do PPS, Cláudia Brilhante chegou a dizer, no jornal Diário do Nordeste, que “Ainda há a expectativa sobre votos fraudados lá em Granja, o que há uma indefinição da eleição naquele Município...” (Caderno Política, 20/10/2008, Diário do Nordeste). Mais tudo indica que Esmerino Arruda, cujo slogan de campanha era O Velho Novo, continuará a mandar e desmandar na Granja. Êta que nós estamos é ferrado!

domingo, 2 de novembro de 2008

Aniversario da Granja

Hoje o município de Granja comemora 154 anos de emancipação política. Será? Segundo o dicionário Aulete Digital, a palavra emancipação significa libertação, independência... Vamos tirar o termo emancipação política e usarmos o Dia em Granja passou à cidade.

O município já exerceu notável influencia política, economia e cultural na região norte do Estado do Ceará. Mas nas ultimas décadas o quadro político do município tem envergonhado muita gente, é candidatos inescrupulosos falsificando a voz do Presidente da República, ameaçando funcionários públicos, comprando voto; prefeito atual destruindo praças para deixar uma merda; buracos nas ruas; e outras coisas a mais, que nem o diabo seria eficiente tão quanto essa leva de politiqueiros existem aqui. Politicamente a cidade está entregue as baratas, isso triste!

Desse bolo não quero pedaço algum!
Você granjense tem o que comemorar?

Parazinho: a Peregrinação Vicentina

O primeiro domingo do mês de novembro é sempre um dia festivo para os devotos de Nossa Senhora do Livramento do Parazinho. Nesse dia, desde do ano de 1911, acontece a Peregrinação Vicentina, ato religioso que atrai devotos de toda região do Litoral Oeste. Os moradores da vila do Parazinho, distrito do município de Granja, começam a se programaram para o festejo logo em meados de outubro. A safra do caju, monocultura bastante presente na região, favorece as compras de diversos produtos comercializados nas tradicionais barraquinhas.

A meninada costuma juntar castanha nas quintas ao arredor de casa ou nas propriedades vizinhas no chamado roubar castanha, e venderem e fazerem compras como brinquedos, roupas, picolés, sorvetes, e tudo que o comércio no período d festejo possa oferecer.

Este ano o dia da Peregrinação Vicentina, também conhecida como Peregrinação do Parazinho, coincidiu com o Dias de Finados.

sábado, 1 de novembro de 2008

A criminalidade cresce entre os jovens

Vasculhando a rede na busca de dados sobre juventude, encontrei no site do jornal O Povo uma matéria que denuncia o aumento de homicídios entre os jovens e carência de políticas públicas para juventude. Aí lembrei de uma conversa que tive com os jovens do Clã pioneiro do 6º grupo de Escoteiro Pessoa Anta, quanto questionávamos a situação dos jovens granjenses. Que estão desamparados, desnorteadas no diz respeita a medidas socioeducativas e profissionalizantes, sendo presas fáceis para as drogas e a prostituição infanto juvenil.

Segundo o
Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), de 2000 a 2007, o número de mortes de jovens de 10 a 19 anos por homicídio cresceu 83,2% no Ceará. Uma verdadeira controvérsia ao artigo 5º do ECA (Estatuto da Criança e Adolescente), que diz: Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligencia, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão...

No município de Granja é grande a carência de instrumentos que nos permitam fazer um diagnostico sobre a violência pratica contra e por jovens. Muito se sabe, com base no entre e sae dos botecos, que muitos dos jovens granjenses consome altas doses de álcool e a inexistência de perspectiva é notável. Vale ressaltar, também, a incapacidade das autoridades locais na criação de espaços para a discussão e expressão da juventude. Este ano, a juventude só foram lembrados quando se percebeu uma boa parcela de jovens votantes.

Não nego preocupação sobre os futuros passos da juventude granjense. Encontrei, esta semana, um adolescente com grande tendência a arte musical prestando serviços comunitários por ter furtado uma mercearia para comprar Ckack.

Agora pergunto. Temos algum espaço oferecendo musica, pintura, dança, esporte, cursos e outras ações benéficas capaz de atender todos nossos jovens? Não! Por outro lado, segundo depoimentos dos próprios adolescentes, temos inúmeras
bocas de fumo com capacidade de atender não só a clientela local. Tem muita gente se fazendo de cego e fechando as poucas portas para nós jovens granjenses, na premissa do conformismo. Será que vamos esperar que a coisa fique igual nas grandes cidades para darmos a devida atenção à juventude granjense?


Lira Dutra
liradutra@gmail.com