terça-feira, 30 de março de 2010

Utilidade publica: concurso de Granja

MPT consegue suspender validade de concurso em Granja

O juiz titular da Vara do Trabalho de Sobral, município da região norte do Ceará, Lucivaldo Muniz, determinou a suspensão do prazo de validade do concurso público realizado pela Prefeitura de Granja até que o município proceda o afastamento dos servidores contratados irregularmente e nomeie os aprovados no processo seletivo. A decisão atendeu à solicitação formulada pelo procurador do Trabalho Ricardo Araujo Cozer.

A intervenção do representante do Ministério Público do Trabalho (MPT) foi necessária porque a validade do concurso expiraria no próximo dia 11 de abril. Apesar de o resultado da seleção ter sido homologado em 10 de abril de 2008 (através da Portaria nº 87/2008), o município, conforme o procurador, ainda não cumpriu o compromisso assumido perante o MPT de regularizar seu quadro funcional.

Lucivaldo Muniz acolheu a ponderação feita por Ricardo Cozer de que, até o próximo dia 11, não haveria mais tempo hábil para que o Município procedesse o afastamento dos servidores mantidos em situação irregular e a convocação, nomeação e posse dos aprovados no concurso público. “Sem a suspensão ou a prorrogação do prazo de validade, os candidatos aprovados sofreriam a decadência do direito à nomeação e posse”, explica o procurador.

A regularização do quadro funcional havia sido acertada pela Prefeitura ainda em 2006, através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o MPT. Em 2008, porém, em razão do descumprimento do TAC, o procurador ingressou com ação de execução do TAC perante a Vara do Trabalho de Sobral.

segunda-feira, 29 de março de 2010

Espetáculo Paixão de Cristo

O Grupo de Teatro Resistência e a Associação Sociedade Cultural Granjense apresentarão no dia 02 de abril o espetáculo Paixão de Cristo. O evento que já fazer parte do agente cultural do granjense, será realizado ao ar livre na Casa do Alto, sede do Ponto de Cultura. Venha participar!

Patrimônio ameaçado: Casa do ourives Jão Guedes


por: Lira Dutra
A antiga casa do ourives João Guedes, está localizada à Avenida João Pessoa e foi construído na década de 1920, localizado em frente a Escola E.F. D. Sinhá. O bem pertence à família do primeiro proprietário, mas se encontra em péssimo estado de conservação.

  A fachada principal da residencia é dividida em duas porções, sendo a da esquerda mais larga, dispondo de dois vãos, e a da direita mais estreita, esse possuindo apenas um vão. Todos os vãos são de janelas rasgadas e em verga reta, emoldurados por arcos na forma de lua, clara influência art nouveau, e guarnecidos por balcão em balaustrada de elementos usinados. O edifício utiliza estrutura em alvenaria autoportante de tijolo cerâmico na qual se apóia a estrutura em madeira da coberta. Essa é em duas águas, uma anterior e outra posterior, cobertas por telhas cerâmicas do tipo colonial.

sábado, 27 de março de 2010

Já iniciaram as obras da Construção da Delegacia de Policia Civil no município de Granja/CE, localizado ao lado do antigo prédio, cuja estrutura está passando por reforma.


Depois de 5 dias de julgamento casal Nardoni é condenado


por: Lira Dutra
*imagem/google
Depois de cinco dias de julgamento o juiz Maurício Fossen anuncia, no inicio da madrugada de sábado(27mar/2010), a condenação do casal Nardoni pela morte da menina Isabella Nardoni, em março de 2008. Na época a garota tinha apenas 5 anos. Alexandre Nardoni, pai da menina, foi sentenciado a 31 anos, um mês e dez dias de reclusão,  Anna Carolina Jatobá, madrasta da menina, pegou 26 anos e oito meses, por homicídio triplamente qualificado (meio cruel, sem chance de defesa e vítima menor de 14 anos) e fraude processual.

Depoimentos dos réus
Alexandre Nardoni, que permaneceu quieto durante os dias de julgamento, mexendo nos óculos, pondo o dedo na boca e ouvindo atentamente as testemunhas que o acusaram de matar a filha Isabella, de 5 anos, foi interrogado na quinta-feira durante cinco horas. "Aquilo para mim foi o pior dia, perdi o que tinha de mais valioso na minha vida", afirmou o réu. 
Logo que começou a ser ouvido, às 10h45, Nardoni fez um pedido ao juiz: queria virar a cadeira para depor olhando os jurados. O pai da menina atirada pela janela em março de 2008 começou o relato afirmando que a denúncia da promotoria era "falsa". O acusado descreveu o que se passou na noite do crime. Depois, chorou ao dizer que perdeu a coisa mais preciosa de sua vida. "Eu, que briguei tanto para ela (Isabella) nascer, briguei com minha sogra, que queria que a Ana Carolina (Oliveira, a mãe da menina) abortasse", afirmou. 

Em seguida, o pai chorou ao contar quando recebeu a notícia da morte da menina e, pela última vez, ao descrever a menina no necrotério. Passou então a acusar os policiais que investigaram o caso de tentar obrigá-lo a confessar. Afirmou ter sido agredido no 9.º Distrito Policial (DP) e disse que o pai, o advogado Antônio Nardoni, foi vigiado por dois anos.

Ao meio-dia, começou o confronto entre o réu e o promotor Francisco José Cembranelli. O acusado passou a responder de forma monossilábica e nervoso. Chegou a ser repreendido pelo juiz Maurício Fossen. Numa dezena de perguntas, Cembranelli ouviu como resposta a frase "não me recordo". Antes de acabar de depor, às 16h20, o pai reafirmou: "Não matei. Jamais fiz isso". 

A madrasta da menina Isabella, Anna Carolina Jatobá, contradisse o marido em dois pontos durante o interrogatório. A exemplo de Alexandre Nardoni, ela nem esperou o juiz Maurício Fossen ler as acusações para explodir em prantos: "Não excelência, isso é totalmente falso."

O segundo interrogatório, que fechou o quarto dia de julgamento, começou às 16h30. Atendendo um pedido do juiz, Anna Jatobá passou a relatar o que ocorrera na noite do crime. Foi nesse momento em que Anna Jatobá contradisse o marido. Alexandre passou ou não a cabeça pelo buraco da tela cortada? Ao depor, o pai disse que não e afirmou que carregava o filho Pietro no colo. A mulher, porém, disse que viu o marido passar a cabeça pela tela com o filho no colo.

Em outro ponto de seu depoimento, ela voltou a contradizer o marido. Afirmou que viu quando Alexandre tirou a chave do bolso para abrir a porta do apartamento, quando eles chegaram com os filhos Pietro e Cauã no colo. Horas antes, seu marido havia dito aos jurados que só havia fechado a porta com o trinco. [extraído de http://br.noticias.yahoo.com/s/27032010/48/manchetes-casal-nardoni-considerado-culpado-juri.html, acessado em 27/03/2010]

A Hora do Planeta: O blogue Granja Ceará participa

por: Lira Dutra 
No sábado, 27 de março, entre 20h30 e 21h30 (hora de Brasília), o Brasil participa oficialmente da Hora do Planeta. Das moradias mais simples aos maiores monumentos, as luzes serão apagadas por uma hora, para mostrar aos líderes mundiais nossa preocupação com o aquecimento global.

Paras participar é só cadastrar. Clique aqui e informe os dados necessários. É bem rápido. Depois é espalhar a mensagem da Hora do Planeta para o maior número possível de pessoas. Convide familiares, amigos, colegas e membros da sua comunidade para participarem também.

O blogue Granja Ceará está participando. Participe você também e mande uma mensagem para granjaceara@granjaceara.com.br contando o que você fez na Hora do Planeta, pode enviar fotos ou vídeos. Os 20 primeiros serão publicados aqui!

SAIBA MAIS

quinta-feira, 25 de março de 2010

CGU chega ao distrito de Parazinho


Ontem (24), a Controladoria-Geral da União visitou o distrito de Parazinho. O órgão do Governo Federal (que atualmente está atuando no muncípio de Granja) é responsável por assistir direta e imediatamente ao âmbito do Poder Executivo. Ou seja, fiscaliza assuntos relativos à defesa do patrimônio público e ao incremento da transparência da gestão, por meio das atividades de controle interno, auditoria pública, correição, prevenção e combate à corrupção e ouvidoria.

As atividades tinham término previsto para o último dia 19, mas foram prorrogadas e continuam os trabalhos de fiscalização no município.

Distritos granjenses unidos pelo emancipação política


Depois dos distritos de Parazinho e Pessoa Anta manifestarem o desejo de se torna cidade, agora os distritos de Timonha (Pitimbu), Adrianopolis (Tabuleiro) e Ibuguassu (Ubatuba) também vão entrar na briga emancipação. Os vereadores(a) João Turé (PSDB), Zenaide (PSB), Antonio José (PSDB) e Miltion Cassimiro (PSB), decidiram unir os três distritos, somando uma população de 13.190 habitantes, e fazer o pedido de emancipação.

O vereador Antonio José, informou que o vice-prefeito e Gestor Hélio Fontenele junto ao Dep, Gony Arruda são favoráveis ao projeto. O vereador e lider da oposição Nicanor Filho (PSB), assegurou apoiar à campanha de emancipação daqueles distritos, dizendo que se os distritos de Granja foram emancipados tratará crescimento para a região.

Não é de hoje o anseio da população dos distritos pela emancipação política. É compreensíveis que o povo se sinta na obrigação de administrar seus próprios recursos e encontrar soluções para seus problemas. Dentro do contexto social e político vivenciado pelo granjense nas ultimas décadas isso não é possível. Em outras palavras, o povo quer se libertar, caminhar com as próprias pernas e cantar o próprio canto. Emancipação já!

quarta-feira, 24 de março de 2010

O povo quer Parazinho emancipado

Lideranças de Parazinho apresentam pedido de emancipação

Vereadores, comerciantes e lideranças comunitárias do distrito de Parazinho, em Granja, apresentaram na tarde desta terça-feira (23/03), à Assembleia Legislativa, o pedido de emancipação da localidade. O vice-presidente da Casa, deputado Gony Arruda (PSDB), recebeu o grupo e afirmou que o distrito de Parazinho reúne condições de se tornar município.

Gony ressaltou que é eleitor de Parazinho e lembrou que a emancipação é uma reivindicação antiga. Ele destacou que a construção da estrada que ligará Granja a Viçosa do Ceará trará desenvolvimento ao novo município. O deputado também apresentou um requerimento de emancipação de Parazinho, ao qual será acrescido o projeto da comunidade.

O presidente da Comissão de Triagem, Elaboração de Propostas e Emancipação de Novos Municípios da Assembleia, Luiz Carlos Mourão, fez uma exposição dos critérios para a criação de municípios e como é feita a análise dos dados. "Em uma primeira análise, Parazinho contempla todas as condições para a emancipação", disse Mourão.

O deputado Sérgio Aguiar (PSB) defendeu a proposta e lembrou que, apesar de ser um distrito de características agrícola, Parazinho tem outras alternativas de renda, como o turismo religioso, que gera um grande fluxo de visitantes. "A criação do novo município vai impulsionar o desenvolvimento da Região", afirmou Sérgio.

Conforme as lideranças comunitárias, Parazinho possui cerca de 8.300 habitantes e tem como pontos fortes da economia a produção de castanha e cera de carnaúba, além do turismo, que tem como atrativos as praias e a Festa de Nossa Senhora do Livramento.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Socia

domingo, 21 de março de 2010

Cid Gomes inaugura estrada Granja-Viçosa

por: Lira Dutra

Ontem, sábado (20/mar/2010) o Governador Cid Gomes inaugurou a CE-311, popularmente conhecida por estrada Granja/Viçosa do Ceará. Evento foi realizado no triângulo rodoviário próximo a comunidade do Vaqueijador, população e lideranças políticas estiveram presente. No ocasião foi assinada a Ordem de Serviço para a construção da Escola Estadual Ensino Médio Profissional de Granja.

A CE-311 vai se integrar à CE-085 nos trechos recentemente inaugurados e pertencentes ao mesmo projeto, Prodetur II (Programa de Desenvolvimento do Turismo): Jijoca – Parazinho e Parazinho – Granja, com respectivamente 32,4 e 22,7 km de extensão.
Com faixas e cartazes a população agradeceu pela rodovia e pediu água e segurança para o município. O Governador, molhado pela chuva que caia no momento, diz que atenderia as reivindicações.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Eliomar Dias fala sobre obras do governo em Granja/CE


Em entrevista à Rádio Verdade FM, sexta-feira (19/mar, Eliomar Dias falou da importância da construção da estrada Granja-Viçosa do Ceará e da construção da Escola de Ensino Profissional, ambas obras do Governo de Cid Gomes. Destacou também a importância da profissionalização dos jovens para o mercado de trabalho.

Ouça a entrevista abaixo:

Cid Gomes inaugura amanhã estrada Granja-Viçosa do Ceará


A rodovia CE-311, mais conhecida como estrada Granja – Viçosa do Ceará, será inaugurada neste sábado, dia 20, pelo governador Cid Gomes, acompanhado dos secretários do Turismo (Bismarck Maia) e da Infraestrutura (Adahil Fontenele). Esta é uma das principais vias estruturantes da região Norte e também demanda antiga da região, tanto para o desenvolvimento do turismo local, quanto para o escoamento da produção agrícola da Ibiapaba e da região Norte.

A obra, com 69,41 km de extensão, foi executada com R$ 26.527.717,90 oriundos do Tesouro Estado e BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), através Prodetur II (Programa de Desenvolvimento do Turismo). Essa estrada vai se integrar à CE-085 nos trechos recentemente inaugurados e pertencentes ao mesmo projeto: Jijoca – Parazinho e Parazinho – Granja, com respectivamente 32,4 e 22,7 km de extensão. Estas vias vão encurtar a viagem entre a serra e o mar, facilitando o fluxo turístico na região; além de integrar os roteiros de Jericoacoara e Camocim no litoral ao Viçosa, São Benedito e Ubajara, na Ibiapaba. Também vai ser beneficiado o roteiro interestadual Cepima, que engloba Jericoacoara, Delta do Parnaíba (PI) e Lençóis Maranhenses (MA).

Além de tornar o deslocamento de visitantes mais rápido, barato e confortável, a logística de escoamento da produção agrícola na ibiapaba vai ser beneficiada. Nesta região, são produzidas 280 mil toneladas/ano de maracujá, 36 mil de tomate, 24 mil de pimentão, 14,4 de repolho e 6,5 mil de cenoura, segundo dados do Instituto Agropolos. A Ibiapaba também abriga a segunda maior granja avícola do Ceará e uma fazenda de produção e exportação de acerola orgânica para os Estados Unidos.

Granja ganha escola profissionalizante

O município de Granja/CE, que já está com a reforma e ampliação da Escola Agrícola em pleno vapor, agora terá uma Escola Estadual de Educação Profissional (EEEP). É isso mesmo! O terreno, que fica na saída Granja-Camocim, já foi preparado para receber a pedra fundamental.

O governador Cid Gomes e a secretária da Educação, Izolda Cela, autorizarão amanhã, sábado(20) a partir das 11 horas, a construção da EEEP de Granja, a unidade tem o objetivo de oferecer educação básica de qualidade e preparar futuros profissionais para o mercado de trabalho. Serão investidos R$ 4,3 milhões na obra.

quinta-feira, 18 de março de 2010

Granjenses protestam contra descaso com Patrimônio Histórico

Com o objetivo de chamar a atenção do cidadão e autoridades responsáveis para a necessidade de preservação e valorização do Patrimônio Histórico/Cultural da cidade, o blogue Granja Ceará criou  a campanha Patrimônio Ameaçado. E logo recebemos comentários favoráveis por parte dos(as) leitores(as). Mas o cidadão granjense resolveu, assim como os blogueiros, botar a mão na tinta e pintar o verbo  ao estilo cearense, fixando uma faixa com o seguinte protesto: "GRANALFORRIA ALERTA -3/05/2010 PONTE EM RISCO DE DESABAR E AS OTURIDADES NADA FAZEM".
*imagem/ enviada via e-mail por leitor(a) do blogue
Não se sabe quem foi(foram) o(s) autor(es) da iniciativa, mas a ação já surtiu efeitos. Ontem na Sessão Ordinário da Câmara Municipal, o caso da faixa se  tornou  tema gerador de discussão entre a vereadora Rosa Helena(PSDB), lider do prefeito, e o vereador de oposição Nicanor Angelim(PSB). A vereadora defendeu o direito do povo se manifestar, mais entende que a grafia da faixa é uma falta de respeito para com a figura do prefeito. O vereador Nicanor alertou para o possível desabamento do pilar da ponte com a chegada das chuvas. 

Para a proteção da ponte de ferro sobre o Rio Coreaú é necessário que o município crie políticas de valorização da nossa História. Agora pergunto: Por que os secretários de cultura e turismo não participaram do II Edital de Apoio à Preservação do Patrimônio de Natureza Material, no final de 2009? O referido edital financiava projetos nos valores de R$ 75 mil a R$ 100 mil. Não é muito mais dar para fazer o básico.

terça-feira, 16 de março de 2010

CGU realiza fiscalização no município de Granja/CE

 A Controladoria-Geral da União (CGU) iniciou ontem, segunda-feira (15/mar) os trabalhos de fiscalização no município de Granja/CE. Nessas alturas já tem muita gente com cabelo em pé. Segundo informações, teve gente trabalhando na prefeitura até do domingo passado. Será por pura eficiência? Bem, tenho lá minha dúvidas!


A CGU (Controladoria-Geral da União), órgão do Poder Executivo Federal responsável, entre outras funções, por fazer auditorias e fiscalizações para verificar como o dinheiro público está sendo aplicado, já esteve por essas bandas no ano de 2004. Quem lembra? Para refrescar a cuca é só acessar o link: http://www.cgu.gov.br/imprensa/Noticias/2004/noticia06704.asp

segunda-feira, 15 de março de 2010

Grupo de escoteiro Pessoa Anta realiza assembleia

O 6º Grupo de Escoteiros Pessoa Anta - GEPA realizou ontem, domingo (14/mar/2010), Assembléia Geral na Escola EF Dona Inah Arruda. Na ocasião foi aprovado alterações no estatuto, eleita e empossado nova Diretoria, Conselho Fiscal e Comissão de Ética. Estiveram no evento pais, escoteiros e apoiadores.

domingo, 14 de março de 2010

Patrimônio ameaçado: Casa atrás do CVT

Dando continuidade à Campanha Patrimônio Ameaçado, publicamos hoje a foto de um casarão de quem sou fã. A casa localizada na R. Thiago Ribas ao lado o Conselho Tutelar, por trás do CVT, tem uma fachada muito bonita, bem diferente, que chega a se destacar por entre as demais construções. Porém, infelizmente, está entregue ao tempo e as marcas do descaso são bem visíveis. Por favor vamos defender os referenciais da nossa memória coletiva, da nossa História.

Criação de peixe no açude Gangorra

Projeto de criação de peixe volta a funcionar no açude Gangorra depois de 11 meses com os tanques fora d'água. Em reunião, no dia 02 de março, com pescadores e representante da Colônia Z45, a coordenadora do projeto explicou que a paralisação das atividades do projeto se deu por causa do atraso no repasse de recursos junto a ACEG.

Em conversa com o blogue Granja Ceará, Zé Ribamar, presidente da Colônia dos Pescadores de Granja, defende a continuação do projeto, que atualmente conta com 25 tanques de engorda e 5 berçários com capacidade de produzir aproximadamente 24 toneladas de peixe por ano. A Colônia que vem lutando pelos direitos dos pescadores, reclama da falta de investimento por parte do município na criação de peixe, desperdiçando a potencialidade de geração de renda local.

sábado, 13 de março de 2010

Ministerio da Cultura realiza cadastro de capoeiras


A capoeira, misto de dança e luta fortemente ligada com as lutas de libertação dos negros, foi reconhecida como Patrimônio brasileiro. Agora todos os capoeiras ou entidades, que desenvolvam ações voltadas para o universo da capoeira, poderão se cadastrar no Cadastro Nacional da Capoeira.

"O cadastro tem caráter preliminar, com o objetivo de mapear o universo da capoeira, identificando mestres, professores, instrutores, grupos, pesquisadores, instituições de pesquisa e entidades que agregam grupos de capoeira.  Esta é uma iniciativa do Grupo de Trabalho Pró-Capoeira-GTPC, formado pelo IPHAN, Secretaria da Identidade e Diversidade Cultura, Secretaria de Políticas Culturais e Fundação Cultural Palmares do Ministério da Cultura." (www.cultura.gov.br/site/2010/01/27/cadastro-nacional-da-capoeira)

Fichas de Cadastro
  1. Se você ensina capoeira clique aqui;
  2. Se você quer cadastrar um grupo de capoeira clique aqui;
  3. Se você quer cadastrar uma entidade que agrega grupos de capoeira clique aqui;
  4. Se você é pesquisador de capoeira clique aqui;
  5. Se você quer cadastrar uma instituição de pesquisa sobre capoeira clique aqui.
 fonte: www.cultura.gov.br/site/2010/01/27/cadastro-nacional-da-capoeira

domingo, 7 de março de 2010

Patrimônio ameaçado: Casa frente Igreja Sto Antonio


Casa com frente a Igreja Sto. Antonio, data de 1912, é uma belíssima construção que, como tantas outras, está ameaçada de desaparecer do mapa histórico-cultural da cidade.

Tráfico ameaça tranquilidade do granjense


*imagem/Camocim Online/Vando Arcanjo
Na última semana a cidade de Granja/CE, conhecida pela tranquilidade e a fé em São José, virou palco de uma guerra entre traficantes de drogas, com uso de bombas e toque de recolher nos locais ocupados pelas bocas de fumo, batizadas de "pedreiras". O caso deixou a população temerosa e revoltada com a falta de segurança.

Hoje, sábado (06/jan), cerca de 20 policiais, sob o comando do Comandante da 3ªCIA/3ºBPM, Major PM Francisco Assis, cumprindo mandato de busca e apreensão, prenderam em torno de dez elementos, entre homens e mulheres, que foram encaminhados à Delegacia Regional de Camocim.

A atuação de traficantes no município é crescente e tem deixado o cidadão  de bem preocupado, acuado, sem saber a quem recorrer. Ver jovens cometendo crimes e se prostituindo para financiar o consumo da pedra (crak), para o granjense não é filme, é realidade. Se faz necessário, com urgência, uma ação dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário para acabar com a criminalidade que os traficantes estão  implantando na nossa cidade.

Veja vídeo de Tadeu Nogueira sobre a operação da policia em Granja/CE:

segunda-feira, 1 de março de 2010

Patrimônio ameaçado: a Ponte de Ferro

A Ponte de ferro sobre o Rio Coreaú com sua beleza metalica é um cartão postal da cidade de Granja/CE. Disso não há dúvidas! Lá o banho ganha um ar romântico para os apaixonados, um gosto de aventura para a garotada, um olhar de mistério para outros... Enfim o valor da nossa Ponte de Ferro ultrapassa o material e faz uma conexão passado/presente na vida de muito granjense. 

Porém nosso cartão postal, a ponte, está sofrendo as marcas do descaso para com os bens culturais do município. A foto, feita por Lira Dutra, mostra a ferrugem destruindo a estrutura da ponte. Será que os Secretários de Turismo e de Cultura do município não veem isso? Ou melhor, não têm vergonha de verem o Patrimônio da cidade acabar?