segunda-feira, 30 de outubro de 2017

GRANJA: Sindicato publica nota de repudio contra decreto da prefeita Amanda Arruda

Por meio da sua diretoria, o SINSPGRAN - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Granja publicou nota de repudio contra o DECRETO 029/2017 DE 17 DE OUTUBRO DE 2017, assinado pela Prefeita AMANDA ARRUDA MENEZES. 

Através do decreto a prefeita altera a data de pagamento dos salários dos servidores para o dia 10 de novembro, 11 de dezembro próximos e 10 de janeiro de 2018, alegando a crise brasileira.  A medida tomada se consultar as categorias pegou todo mundo de surpresa, causando estranheza pois Granja ficou conhecida com a cidade das festas, de repente aparece "quebrada".

Veja a nota:

"O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE GRANJA repudia o Decreto da prefeita Amanda Arruda Menezes, publicado no 17 dias do mês de outubro do ano de 2017, que muda a data de pagamento dos servidores granjenses para os dias 10 de novembro. A mudança na data de pagamento surpreendeu toda sociedade granjense. A administração da Senhora Amanda Arruda passou o ano realizando grandes festas com atrações internacionais e de repente o município amanhece “quebrado”, ao ponto de se impor um decreto vergonhoso.

É preciso compreender que o povo tem seus compromissos e datas para pagar suas contas, na maioria das vezes, o trabalhador não dispõe de outra fonte de renda e necessita do salário para atendimento de suas necessidades básicas, como alimentação, moradia, vestuário, assistência médica e outros compromissos.

O decreto é imoral e causa impactos negativos na vida dos servidores, no comércio e na economia local.


Vale lembrar que já entrou mais de 33 milhões do FUNDEB até o momento. Fica a pergunta: como pode uma cidade dormir rica e acordar “pobre”? O granjense não deve aceitar calado, é preciso denunciar abusos e desrespeitos contra os trabalhadores e trabalhadoras granjenses.

Defendemos pagamentos em dias e o pagamento da gratificação dos motoristas, pois são frutos de lutas das categorias ao longo dos anos.

O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE GRANJA repudia qualquer ataque ao bem-estar do trabalhador e trabalhadora e reafirma seu compromisso com os servidores granjenses.

Granja-CE, 30/10/2017

LUIZ F. C. SOUSA
PRESIDENTE "


quarta-feira, 25 de outubro de 2017

TRAGÉDIA: Briga por pensão termina em assassinato de dois irmãos na Granja

Dois irmãos foram mortos na localidade de Ipueiras, Zona Rural de Granja, a 330 quilômetros de Fortaleza. O ex-genro de um deles seria o autor dos golpes de faca. Na briga, ele também foi ferido. Uma verdadeira tragédia familiar em que dois irmãos foram cruelmente assassinados e uma terceira pessoa saiu gravemente ferida chocou toda a população.  


O caso 

Era por volta das 15h10 de segunda-feira (23), quando um homem identificado como Aureliano de Jesus Fontenele, 38 anos, foi até a residência do seu ex-sogro Tristão Benício dos Santos, de 63 anos, para tratar do acerto de uma pensão alimentícia. Sem acordo, os ânimos se acirraram e os dois começaram uma discussão que logo se transformou em uma briga violenta e sangrenta. Aureliano sacou uma faca e passou a desferir golpes em seu ex-genro, matando-o ali mesmo. Nesse momento chegou o Sr. José Benício dos Santos, 55 anos, irmão da vítima, o qual ao ver seu irmão ensanguentado e morto no chão, partiu pra cima de Aureliano e iniciaram uma nova briga, dessa vez ambos armados de faca. A briga selvagem e sangrenta só terminou quando Aureliano esfaqueou e matou também José Benício. fonte: http://1poquimdicada.blogspot.com.br/2017/10/tragedia-em-granja-briga-por-pensao.html.