quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Garçom é atropelado por viatura da PRE na Granja, Ceará

A semana começou com tragédia no município de Granja, Ceará. A viatura da PRE atropelou um jovem garçom durante perseguição na região do distrito de Parazinho, Granja, Ceará. Leia matéria do jornal Diário do Nordeste.

Segue em estado grave na Unidade Semi-Intensiva da Santa Casa de Sobral, o garçom Antônio Benício da Cruz (35). Segundo a tia do rapaz, que o cria como filho, “ele deu entrada, já em coma, nesse domingo, dia 24 à noite. E a última avaliação feita nessa segunda feira (25) informou que o estado dele continua é grave. É um absurdo tudo isso que aconteceu”, reclama a dona de casa Gorete Vasconcelos (57), que tem acompanhado o rapaz.

Granja-CE; policial rodoviário tenta chegar ao rapaz, que está debaixo da viatura (Foto: redes sociais)
Segundo relato de testemunhas, repassado à tia de Antônio. O rapaz, que trabalha em uma pousada em Jijoca de Jericoacoara, no litoral oeste, voltava para casa, na comunidade de Córrego da Raiz, no distrito de Parazinho, em Granja, pela CE-085, quando foi interceptado, em movimento, por uma viatura da Polícia Rodoviária Estadual, de Placas PMZ 9770, que seguia em sentido contrário.O motorista não possui habilitação, e não atendeu a ordem de parada, mesmo estando a documentação da motocicleta (Placas OIB 9692) que ele guiava regular, segundo familiares. Leia a matéria completa no Diário do Nordeste: http://blogs.diariodonordeste.com.br/zonanorte/sobral_/14108/14108

Nas redes sociais, familiares e populares se manifestaram sobre o caso.
INSCREVA-SE no Granja Ceará. Coloque seu e-mail. É rápido e GRÁTIS!
Últimas notícias

Um comentário:

  1. Se ele tivesse obedecido a ordem de parada nada disso teria acontecido, no entanto, a atitude dos policias não justifica o fato.
    Melhoras ao rapaz.

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço pelo comentário.
Sua participações é importante para nosso trabalho Granja Ceará.
Obrigado!

*Comentários anônimos poderão ser recusados/excluídos. Por isso use sempre nome e e-mail válido para comentar.

Não faça comentários de cunho preconceituoso, respeite os Direitos Humanos.