Prefeito recua, mas não descarta usar 40% do Fundeb

Prefeito recua
por: Lira Dutra


Na ultima quarta-feira(25/nov), logo cedo muita gente esperava ansiosa pela Sessão Extraordinário da Câmara Municipal de Granja. Antes de iniciar a sessão dúvidas, curiosidade e opiniões  se dividiam nos corredores da Casa do povo.  Todos queriam saber se o prefeito iria ou não usar recursos do Fundeb na construção de um dique no rio Coreaú.

A resposta veio nas próprias palavras do governo municipal, que decidiu ir ao plenário da Câmara explicar sua decisão e preocupações.

A sessão começou por volta das 10h, após leitura do expediente pelo secretário, o prefeito Esmerino Arruda falou sobre a situação da cidade depois da enchente e reclamou da demora do repassa dos recursos prometidos pelo Governo do Estado. O "dinheiro não chegou até hoje", reclamou, e garantiu que seus esforços pessoais o levaram a fazer uma transferência da própria conta no banco do Brasil à uma empreiteira para realizar as obras de reconstrução do dique de contenção. O representante do executivo, afirmou que Granja só tem os 40% do Fundeb disponível e diante da "gravidade da situação" se fazia necessário usar o recurso e devolver posteriormente, quando o Governo do Estado repassar a ajuda prometida.  O prefeito que convocara a Sessão Extraordinário para apreciação urgente urgentíssima do projeto, que autorizava ao executivo usa os 40% do Fundeb para obras na Beira Rio, recuou e decidiu apenas deixar o projeto na Câmara para possível necessidade.

A vereadora Rosa Helena, lider do Executivo na Casa, solicitou que fosse encaminhado um pedido ao Governador agilidade na transferência do recurso prometido.

No final da Sessão o vereador Milton Cassimiro, oposição, diz ao blogue que estranhou a mudança de pauta, pois eles (os vereadores) teria sido convocado para votação do projeto em caráter de urgência. O que não aconteceu.

No auditório da Câmara, representantes do Sindicato dos Professores, Romeu Arruda, sobrinho do prefeito, e alguns secretários, lideranças locais e cidadãos acompanhavam atendo cada palavra do Executivo e do Legislativo.


Aguarde postarem audio da sessão e copia do projeto em primeira mão

Comentários

Mais acessadas