domingo, 18 de novembro de 2007

Ella 5

por: José Xavier Filho

Seu vestido claro lhe chegava aos pés e Ella usava um enorme chapéu e os óculos escuros lhe escondiam os olhos. Sentada à uma mesa de café bem diante da escadaria da Praça de Espanha Ella tinha uma bela visão. Para qualquer lado que voltasse seu rosto via, com seus olhos de lince, centenas de outros dos mais diferentes feitios e cores. Seria uma escolha difícil. Talvez o que primeiro levantasse? Ou o primeiro oriental? Ou talvez aquela indiazinha sul americana, ou o lombardo de barba loura? Podia ser um dos japoneses com uma câmara digital ou o brasileiro moreno de cabelos espetados?

Quando sua escolha foi feita Ella chamou a candidata, pois era uma garota, até a mesa do café e, sem cerimônia, puxou a mão da loirinha americana e disse:

- Vamos, tá na sua hora.

Acesse o BLOG JOSE XAVIER FILHO

domingo, 11 de novembro de 2007

Futsal, sexo, droga e muita zoada

por Lira Dutra

No último sábado, 10 de novembro, no alto de um trio elétrico o locutor gritava: GRANJA ESTÁ EM COMEMORAÇÃO DUPLA, PORQUE FOI CAMPEÃ CEARENSE DE FUTSAL E É O 2º DIA DE GRANFOLIA! Casamento perfeito, bola e banda de axé.

Nas condições socioeconômicas reinantes na cidade, será que podemos comemorar as festinhas da falsa elite granjense financiada com dinheiro público? Muito dos nossos pais de famílias e jovens em idade de trabalho não têm uma renda fixa, tornando se vítimas do assistencialismo e do coronelismo moderno, ou migrando para Sobral e Fortaleza na esperança do primeiro emprego. Coisa muita às claras na Granja. Só não ver quem é cego ou se faz de cego para não perder o emprego na prefeitura!

Enquanto o gestor municipal patrocina eventos privados, como o Granfolia. Onde muitos dos nossos adolescentes e jovens, desprovidos de auto-estima coletiva, se embriagam, se drogam e se prostituem as custas de muita zoada. O lazer e o entretenimento são um direito, devemos dançar, brincar e pular. Baixa a solidão e a tristeza! Mas não é aceitável a negligencia aos direitos primário do cidadão, como moradia digna, saúde, trabalho, alimentação de qualidade, segurança e participação política e social. Como o município que tem fama de um dos piores IDH, ser patrocinador de dois mega eventos? Os grandes patrocínios ao futsal e Granfolia é só para alguns poucos saírem bem na foto, pois o resta da população... Bem, o resto é resto. Só ganha cestas básicas, para enganar a fome por uns dias, e ficar no outro lado da corda vendo o bando passar a custa da miséria do povo.

FOTO: quintas de casas do bairro boca do Acre, autor: Xavier Filho

terça-feira, 6 de novembro de 2007

CCONCURSO DO INSS


Planejamento republicará autorização nesta quarta-feira
Da Redação (Brasília) – O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizará nos próximos meses concurso público para a contratação de dois mil servidores. São 1,4 mil vagas para assistente técnico do seguro social, de nível médio, e 600 para analista do seguro social, de nível superior. A autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão será republicada amanhã(7), pois o texto de hoje foi publicado com inversão no número de vagas para os cargos disponíveis.

O analista previdenciário tem salário inicial de R$ 2.243,78, incluída a gratificação de desempenho, e é encarregado da análise e concessão de pedidos de benefícios. Já o técnico previdenciário, com remuneração de R$ 1.989,87, incluída a gratificação, é responsável pelo atendimento aos segurados e também tem funções administrativas.

A autorização do Planejamento prevê que a contratação seja realizada a partir de fevereiro de 2008. Nos próximos dias, o INSS concluirá os estudos para a distribuição das vagas por estados.

A contratação de pessoal é parte das medidas que estão sendo implementadas pelo ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, e o presidente do INSS, Marco Antonio de Oliveira, para melhorar o atendimento aos segurados. A previsão é a de que até 2011 sejam contratados oito mil servidores de diversas áreas para suprir vagas abertas com a aposentadoria e saída de servidores.

Entre as medidas estão: o Plano de Ações Prioritárias, criado para eliminar processos represados; a redução do tempo de espera entre o agendamento e a realização da perícia médica de sete – média no Brasil – para cinco dias; a construção de mais de Agências da Previdência Social especializadas em benefícios por incapacidade; a realização de obras para melhorar o espaço físico e colocação de equipamentos de segurança nas unidades. O objetivo é fazer com que os segurados tenham um atendimento digno e os servidores um ambiente de trabalho decente e seguro.

ACS/MPS: (61) 3317-5009/5039/5113
FONTE: http://www.mpas.gov.br/

sábado, 3 de novembro de 2007

...E NA ZONA NORTE...
...o disse-me-disse é um só: o tucano Esmerino Arruda postulará o trono de Granja, a terra-berço, ano que vem.
Ex-alcaide da municipalidade, ex-deputado federal e líder indiscutivelmente nato, Esmerino vem elegendo, há décadas, os prefeitáveis de Granja, além de, nos últimos 10 anos, haver conseguido manter boa representação da região Norte no Legislativo-CE e uma na CF.
Graças também à sua habilidade política, ele ainda contribui diretamente para a eleição de pelo menos 8 prefeitos de cidades vizinhas a Granja.
No capítulo: enquanto o veterano e carismático guerreiro se articula nos bastidores políticos granjenses, com a prudência e a inteligência que lhe são peculiares, a oposição briga a mil, ensaiando marchar para a disputa com três postulantes: Guilherme Gouveia (DEM), que tenta sentar no trono municipal há 20 anos, Eliomar Dias (PMDB) e Romeu Arruda (PR), num duelo pra
saber quem possui mais votos para tentar chegar perto de Esmerino Arruda.
Detalhe: o Arruda que pinta na oposição de Granja é o ex-cap do Ibama e da Semace, que resolveu enfrentar o velho cacique (seu parente, inclusive) e "se apoderar dos votos da oposição".
Fonte: O Povo, coluna de Sônia Pinheiro, 25/10/2007

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Confusão no Galinheiro

Não, não se trata de uma guerrilha entre ´galos´ e ´penosas´ de alguma granja qualquer em batalhas de bicos e esporões, pela conquista de maior espaço nos poleiros, o negócio é mais sério. A Granja em foco é o sempre belicoso município de Granja, uma espécie de feudo dos Arruda, comandado pelo senhor feudal, Esmerino Arruda. O que se comenta ali, e em toda parte onde se formar uma pequena roda de políticos: no próximo pleito municipal deverá ocorrer uma guerra nada santa. Fator mais grave é que essa batalha será travada entre os membros do mesmo clã, ou seja, Arruda contra Arruda. Tudo leva a crer que a coisa vai ferver e a Granja se transformará num gigantesco caldeirão de canja. Que pena!
Fonte:Diário do Nordeste, Caderno 3, coluna Regina Marshall, 28/10/2007