Cidadão usa caiake para retirar lixo do rio Coreaú.

O rio Coreaú vem sofrendo com a falta de educação de muitos frequentadores da nossa bela beira rio. É comum se ver saco plástico, garrafas pet e de bebidas alcoólicas na área entre as duas barragens. O cidadão Herman Milichman, Rio de Janeiro, pegar seu caiake e realizou, no dia 14 de maio, sábado, uma limpeza no local, dando um exemplo de como devemos cuidar do nosso Coreaú.

Garrafas de vidro e pet, 180 copos descartáveis, sacos plásticos, sacos de gelo, fralda descartável, absorvente, preservativo, pneu de bicicleta, potes de iogurte, sacos de biscoito, espigas de milho, foram alguns dos resíduos sólidos retirados. Foi coletado cerca de 80kg de materiais que poderiam estar sendo reciclado. Ficou tudo limpo. Até aí tudo bem. Mas no final de semana seguinte lá estava nos litros de whisky, saco plástico do gelo, a camisinha usada na madrugada, ou seja, a marca da falta de respeito com o meio ambiente.

Vale ressaltar que não há disponibilidade de latas de lixo nas margens do rio, bem como ilhas de coleta de lixo com classificação de reciclagem. Precisa-se instalar placas educativas e aplicação de advertências quanto a gressão ao meio ambiente. Se deixamos a coisa correr sem lei, logo a ponte de ferro estará sob um rio de lixo.

Top 5

OPORTUNIDADES: Saiu edital para seleção temporária da prefeitura de Granja/CE

Prefeitura de Granja lança edital para contratação de temporários 2017

Entidades de direitos humanos se manifestam sobre crise no Ceará

LITERATURA: Será lançado nesta quarta-feira o Livro Padre Osvaldo - Coletânea de Sermões