quinta-feira, 21 de março de 2019

Cardoso Pontes: MALES DO SÉCULO XXI “O pior dos piores”

MALES DO SÉCULO XXI “O pior dos piores” Cardoso Ponte Texto e Autoria Se por acaso tivéssemos de escolher qual é o pior elemento causador de todos os males do Século XXI, entre as Drogas ou a Corrupção, ficaria difícil de decidir qual desses seria o mais danoso e lesivo elemento abominável do milênio da humanidade, já que em algum momento ou outro, esses dois elementos se fizeram presentes por algum motivo em muitos lares das famílias brasileiras ao longo dos últimos tempos. As Drogas, por exemplo, pelo seu poderoso princípio ativo e passivo traz a dependência catatônica, leva ao empobrecimento da alma, desagrega a família e provoca o abandono profissional e social dos vitimados químicos. Porém, enriquece os traficantes, eleva a criminalidade e patrocinam eleições para manter blindados seus interesses questionáveis por quem compete combater. Já a Corrupção ativa e passiva, também, extremamente poderosa, produz um espírito fervoroso de ganância insaciável, intenta implantar um modelo de comportamento de impunidade e busca se perpetuar intocável no poder, transformando o ambiente laboral público em balcão de negócios ilícitos, contagiando o empobrece da nação e provocando a falência institucional e moral do sistema público um caos, elevando a níveis imprevistos e degradantes o grau comportamental social a uma configurando de elementos danosos e lesivos a saúde humana e econômica de qualquer nação mundial, surrupiando a dignidade humana para atender o livramento de lideres ratazanas do tesouro público como tidos como heróis de uma nação falida de moral institucional pública.
Fique atualizado(a), entre no grupo especial para leitores(as)!
INSCREVA-SE no Granja Ceará. Coloque seu e-mail. É rápido e GRÁTIS!
Últimas notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá!
Agradeço pelo comentário.
Sua participações é importante para nosso trabalho Granja Ceará.
Obrigado!

*Comentários anônimos poderão ser recusados/excluídos. Por isso use sempre nome e e-mail válido para comentar.

Não faça comentários de cunho preconceituoso, respeite os Direitos Humanos.